logo mobile

Imprimir

Consciência Negra: 3 livros infantis escrito por autoras mulheres

.

Conheça apresenta três livros para os pequenos refletirem desde cedo a questão da pauta antirracista

Meu projeto 4

A literatura é uma das formas de expressão importante que ajuda a evidenciar a representatividade racial e minimiza os estereótipos vinculados ao preconceito. A seleção de livros abaixo trazem histórias de personagens negras e crianças para o centro da narrativa, de forma leve, para que outros kids também possam compreender, de acordo com seu contexto de mundo, um pouco sobre a pauta antirracista.

Confira a seguir três indicações de livros feitos especialmente para os pequenos, assinados por autoras negras.

'Onde é o Lugar de Dandara' 

Narra a história de uma menina como tantas outras, mas que vivia se perguntando onde era seu lugar no mundo. Mesmo sendo muito questionadora, as vozes do preconceito que ecoavam, os olhares por busca de padrões e as dificuldades que encontrou pelo caminho levaram-na a fechar-se para a vida e desistir de procurar a resposta que tanto seu coração desejava.

'A Menina que Ancestrou'

A personagem principal desta história sente um grande orgulho porque toda a sua família é formada pelo amor sem preconceito. Filha de uma mãe com pele branca e de um pai com pele preta, Maria é fruto da miscigenação. Incompreendida pelos parentes e alvo de piadas por causa do seu cabelo, a criança levanta questionamentos sobre não se parecer com os pais. Nesta narrativa, a pedagoga e pós-graduada em Ludopedagogia, Aline Reflegria, cria o verbo “ancestrar” para destacar a importância de conhecer as origens.


'Preta de Grave'

O livro conta a história de Pérola Preta, uma menina negra que até frequentar a escola se sente linda e feliz, representada nos espaços cotidianos de sua convivência, porém ao iniciar a vida escolar conhece o preconceito quanto as suas características étnico raciais.



Fonte: Vogue Brasil