logo mobile

Imprimir

Federações do Sistema de Justiça lançam Plataforma Política para as Eleições 2022

.

A Fenajud, a Fenamp e a Fenajufe farão a apresentação do documento no dia 14 de julho, em evento a ser realizado em Brasília (DF). Material é um documento político que visa estimular o voto consciente, em observância as candidaturas que atuam em defesa dos direitos sociais, trabalhistas, ambientais e previdenciários.
fenajud 110722

Na próxima quinta-feira (14), a Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados (FENAJUD), a Federação Nacional dos Trabalhadores dos Ministérios Públicos Estaduais (FENAMP) e a Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União – (FENAJUFE) farão o lançamento da Plataforma Política das Trabalhadoras e dos Trabalhadores do Sistema de Justiça Brasileiro. O documento elenca diversas orientações políticas em face das eleições gerais de 2022. A atividade ocorrerá de forma presencial em Brasília (DF), no hotel San Marco, a partir das 11h. A transmissão ao vivo se dará por meio do canal da Fenajud no Youtube. O material estará disponível gratuitamente e on line na próxima semana.

No conteúdo, as Federações apresentam reflexões sobre o processo eleitoral, apresentando as diretrizes que deverão ser observadas por cada uma das servidoras e dos servidores dos segmentos que compõem o Poder Judiciário, com o intuito de que escolham candidatas e candidatos comprometidos com a pauta do serviço público nacional, que tenham o compromisso com um modelo de Estado que seja inclusivo, que respeite o trabalho, o serviço público, as mulheres, os negros e as negras, o meio-ambiente, as conquistas trabalhistas e direitos sociais.

É a primeira vez que as três entidades se reúnem com este objetivo, marcando assim um importante papel na atual conjuntura de análise das candidaturas que estão postas à Presidência da República. Além disso, a Plataforma servirá como base para análise e escolha dos candidatos para os demais cargos políticos, a serem votados também nas eleições de outubro de 2022.

Foram convidados parlamentares de diferentes partidos e campo político, bem como dirigentes das três Federações, movimentos sociais e do próprio movimento sindical, como as Centrais Sindicais e Sindicatos.



Fonte: Fenajud