logo mobile

Imprimir

Presidente Osório apresentará resposta aos servidores do TJSE na próxima terça-feira

.

Reunião-TJ 750x510

 

O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe (TJSE), Des. Osório Ramos Filho, marcou reunião com a Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário (Sindijus/SE) para a próxima terça-feira, às 16 horas, com o propósito de apresentar posicionamento sobre a pauta de reivindicações ansiada pela categoria.

O comunicado foi feito pelo secretário de Planejamento do TJ, Erick Silva. Desde que assumiu a presidência do tribunal, em fevereiro deste ano, o Des. Osório se reuniu com os representantes dos servidores duas vezes. No dia 08 de março, quando a entidade sindical apresentou a pauta de reivindicações atualizada, tendo o presidente garantido que iria analisar todas as demandas dos trabalhadores. E no dia 11 de junho, quando disse que a sua posição sobre a pauta dos servidores acumulada seria apresentada em julho.

A direção do Sindijus informa aos sindicalizados que, sendo concretizadas as contrapropostas da Presidência do TJSE, a categoria deverá se reunir em Assembleia Geral nos próximos dias para avaliar coletivamente a postura da gestão.

 

Reivindicações

A pauta de reivindicações dos trabalhadores do TJSE é construída anualmente na fase pré-campanha salarial, quando são realizadas plenárias de base para consultar a categoria em todas as regiões do estado.

Entre as principais propostas que unificam a categoria, apresentadas no ano passado, constam o aumento de 16% no vencimento base, que visa corrigir as perdas acumuladas combinado com um aumento. Contudo, em resposta à essa demanda, ainda no ano passado, foi concedido apenas 3,5% aos servidores, enquanto os juízes ganharam 16%, correspondente a um aumento de quase R$ 5 mil por mês.

Na pauta da campanha salarial iniciada no ano passado, também constam o requerimento de aumento do auxílio alimentação (de R$ 1.020.00 para R$ 1.761,20); e o aumento do auxílio saúde (de R$ 714,49 para R$ 1.000,00 na primeira faixa e de R$ 1.633,12 para R$ 1.800,00 na última faixa). No entanto, desde então, foi concedida pela gestão do TJSE apenas revisão de 3,4% nos auxílios, atendendo pela segunda vez consecutiva a pauta dos juízes, prejudicando os servidores.

Além disso, os servidores também pleiteiam o aumento dos percentuais da interiorização; alterar o ingresso ao cargo de técnico judiciário para nível superior; criação do adicional de graduação de 20% do vencimento básico para os agentes e técnicos judiciários que possuem nível superior; elevação dos percentuais do adicional de qualificação; extensão da gratificação de atividade externa para analistas e comissários de menores; reajuste da indenização de transporte dos oficiais de justiça; entre outras.

 

Pauta de Reinvindicações Campanha Salarial