logo mobile

Imprimir

Vitória das Federações: CNJ atende pedido e estende retorno presencial do Judiciário em todo país

.

fenajud 1205

A partir de um pedido conjunto da Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) e da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário e MPU), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) emitiu, nesta quinta-feira (7), resolução que estende o retorno do plantão extraordinário dos servidores e servidoras do Poder Judiciário em todo o País. Os plantões estão suspensos desde março, em razão da pandemia do coronavírus.

Inicialmente previsto para ser encerrado no dia 30 de abril, de acordo com a resolução 313 do CNJ, o plantão foi estendido até 15 de maio, através da resolução 314 do órgão. Agora, com a resolução 318, o regime especial foi prorrogado até 31 de maio.

As Federações acreditam que a flexibilização das medidas inicialmente adotadas, a partir da Resolução n° 313/2020, já anunciadas pelo CNJ, não dialoga com a realidade que se impõe de avanço do novo coronavírus. Pois de acordo a comunidade científica e as autoridades nacionais de saúde, o pico da Covid-19 no país deve ser atingido entre maio e junho.

Para a Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados (Fenajud), esta medida é uma vitória importante para proteger a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras do Poder Judiciário.

As entidades têm atuado em parceria com foco na categoria estadual e federal desde o início da pandemia, o objetivo é defender os trabalhadores e as trabalhadoras e proteger a saúde e a vida daqueles e daquelas que atuam no Judiciário.

 

Fonte: FENAJUD