logo mobile

Imprimir

Federação Sindical

 

Fenajud logoAs federações são entidades sindicais de segundo grau, que reunem, no mínimo, cinco sindicatos pertencentes à mesma profissão, similares ou conexas. Na estrutura sindical brasileira, estão acima dos sindicatos e podem coordenar os interesses de suas entidades filiadas no âmbito estadual, interestadual ou nacional.

A Federação Nacional dos Servidores do Poder Judiciário nos Estados (Fenajud) nasceu da vontade política dos trabalhadores do Poder Judiciário Estadual de verem suas lutas organizadas também por meio de uma entidade com atuação nacional.

Fruto de acirradas discussões que envolviam os assuntos atinentes à atividade dos servidores do Judiciário, a criação da Fenajud foi decidida no I Congresso Nacional dos Servidores do Judiciário (I Conseju).

O I Conseju aconteceu de 23 a 26 de março de 1989, em Campo Grande-MS. Participaram delegados enviados pelos sindicatos do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, São Paulo, Santa Catarina e Sergipe.

As palavras seguintes são expressão da vontade dos companheiros fundadores: “Discutir amplamente as condições de vida, trabalho e salário dos trabalhadores públicos e privados; definir posições sobre o regime Constitucional dos servidores e da Administração Pública; deliberar as formas de organização com vistas ao fortalecimento do movimento sindical dos servidores públicos, em especial dos Judiciários, para a defesa e coordenação dos interesses da categoria.” (Trecho extraído do Caderno de Resoluções do I Conseju)

A 1ª sede da Fenajud foi em Aracaju/SE, pois era estabelecida no Estado do presidente da entidade. O primeiro presidente da federação foi o oficial de justiça e presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Sergipe (Sindiserj, atualmente Sindijus/SE) José Alves Dantas.

Os atos de fundação da Fenajud encontram-se registrados e arquivados no 2º Ofício de Notas e Registro Civil das Pessoas Jurídicas, em data de 17.09.1990, às fls. 167v, do Livro A-17, nº 1605, da Comarca de Natal/RN.

Desde a fundação, o Sindijus/SE tem mantido uma presença ativa na construção da federação. Com uma frequência histórica de servidores do Judiciário de Sergipe nos quadros da diretoria da Fenajud, atualmente, dois servidores do TJSE exercem o mandato de diretores na federação nacional: os técnicos judiciários Marcelo Ferreira, secretário de Imprensa e Divulgação da Fenajud, e Ednaldo Martins, 2º secretário de Finanças da Fenajud.

 

Site: www.fenajud.org.br